• Contato
  • | +5411-47659390 Argentina
  • info@albertocanen.com
  •  
  • | Es
  • | En
  • | It
  • | Fr

EDEN

Capitulo 10: EDEN

Capitulo 10: EDEN Livro O Genesis, o Observador

A natureza humana um ambiente controlado.

Não fui eu. Foste tu.

Muito bem.
Então, o Éden. Claro, o Éden, já quase me esquecia. Depois do Génesis e dos seus sete dias, encontramos uma nova descrição acerca da criação, mas feita de uma forma totalmente diferente. Tanto que, em geral, os estudiosos bíblicos dizem ter tido uma origem diferente, um autor diferente e provavelmente escrita numa outra época.
Nesta nova descrição há uma linha de factual diferente.
Porque não ler o parágrafo e analisá-lo?

"Quando o Senhor Deus fez o céu e a terra, não haviam brotado nem capim nem plantas, pois o Senhor ainda não tinha mandado chuvas, e não havia ninguém para cultivar a terra. Mas da terra saía uma corrente de água que regava o chão. Então, do pó da terra, o Senhor formou o ser humano . O Senhor soprou no nariz dele uma respiração de vida, e assim ele se tornou um ser vivo.
"Depois o Senhor Deus plantou um jardim na região do Éden, no Leste, e ali pôs o ser humano que ele havia formado. O Senhor fez com que ali crescessem árvores lindas de todos os tipos, que davam frutas boas de se comer. No meio do jardim ficava a árvore que dá vida e também a árvore que dá o conhecimento do bem e do mal.
"No Éden nascia um rio que regava o jardim e que, saindo dali, se dividia, formando quatro rios. O primeiro é o Pisom, que rodeia a região de Havilá, onde há ouro. O ouro dessa região é puro, e ali também há um perfume raro e pedras preciosas. O segundo rio se chama Giom; ele dá volta por toda a região de Cuche. O terceiro rio é o Tigre, que passa a leste da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.Então o Senhor Deus pôs o homem no jardim do Éden, para cuidar dele e nele fazer plantações. E o Senhor deu ao homem a seguinte ordem:
- Você pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer, certamente morrerá. ...

Veja em Barnes & Noble